top of page

EMPRESÁRIO - VOCÊ DEVERIA ESTAR FAZENDO ISSO

Um dos crimes mais comuns é o sequestro de dados sigilosos de empresas que possuem seus bancos de dados conectados à internet.



Nesse sentido, o criminoso acessa os dados, entra em contato com a empresa e pede uma quantia em criptomoedas. Em troca, o sujeito promete não vazar essas informações para terceiros. Casos como esse são apenas a ponta do iceberg.


Os riscos que todas as empresas estão submetidas podem ser resumidos em três pontos. O “financeiro” quando essas invasões e roubos de informações podem provocar gastos com a restauração de sistemas, compensação de clientes, reparação de danos, multas da Agência Nacional de Proteção de Dados (ANPD), entre muitos outros tipos de custos. De “reputação” quando ter os dados violados pode representar uma enorme perda de confiança dos consumidores e investidores, sobretudo quando eles expõem informações confidenciais dos clientes cadastrados, como em aplicativos de delivery, aplicativos de bancos digitais, entre outros. E o “operacional” quando os ataques cibernéticos podem comprometer a capacidade técnica operacional de uma empresa, causando interrupções nos processos de produção, logística e fornecimento.


As companhias precisam investir em tecnologias voltadas diretamente ao combate de ciberataques, como firewalls, sistemas de detecção de hackers e criptografia de dados. Além disso, é essencial que essas soluções sejam atualizadas e testadas regularmente para garantir o funcionamento apropriado.


A criação de uma cultura de cibersegurança nas organizações é, também, uma medida considerada essencial para elevar essa conscientização sobre segurança digital e garantir que todos os funcionários estejam engajados na proteção dos sistemas e dados da empresa.


E tudo isso vai funcionar bem se houver o engajamento do CEO e das demais lideranças da empresa para que essa cultura seja eficaz e garanta que esse tema seja uma prioridade estratégica da companhia.


Fonte: CNN - Vítor Magnani



PARCEIROS


Plataforma de Gestão 4.0 o ERP mais completo com custo benefício que atende do MEI ao EPP sem muita compliação e facilidade de integração por utilizar plataforma SaaS - Clique e saiba mais, "Condições especiais para contabilidades".


Plataforma de Gestão de LGPD descomplicada que cabe no seu bolso, atende do MEI ao EPP com fácil utilização, plataforma SaaS - Clique e saiba mais.


Entregue a adequação de sua empresa para a SOMAXI, e descubra porque somos a empresa que chegou para somar!


Damiao Oliveira - COO/DPO - Somaxi Group

Certificação em Segurança Proteção e Privacidade de Dados

Jornalista - DRT 6688/SC

487 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page